Tendências Mercado Energia Solar Fotovoltaica 2019

Evolução Geração Distribuída

Em 2018, o Brasil atingiu cerca de 470 MW de capacidade instalada fotovoltaica. De 2017 para 2018 houve um crescimento de 136% dessa capacidade.

Crescimento muito significativo, principalmente pensando em um período de crise econômica

Impacto do Câmbio no Preço Final de um Sistema Fotovoltaico

No caso dos sistemas residenciais, um fator importante para aceleração desse segmento é o custo do sistema de energia fotovoltaica. A valorização do real influencia diretamente este custo, uma vez que os módulos fotovoltaicos e seus inversores tem preço influenciado pelo mercado externo.

É importante lembrar que outros itens que compõem um sistema fotovoltaico, tais como: estrutura de montagem, elementos de proteção, cabeamento, mão-de-obra, engenharia, custo de vendas, não sofrem influência da variação do câmbio, visto que são produtos nacionalizados. A queda do dólar ajuda a ter sistemas mais baratos, mais acessíveis, ajudando assim a ampliação deste setor.

Mercado Internacional – relação entre mercado de países líderes em instalação fotovoltaica e oBrasil.

Outro fator que impacta os custos é a demanda dos principais países com maior concentração de sistemas fotovoltaicos: China, Índia, EUA e Japão.

É esperado para o 1º semestre de 2019 uma tendência de redução dos preços, devido a uma demanda reduzida dos principais países consumidores deste sistema, por outro lado um aumento da capacidade produtiva, impactando para uma queda nos preços dos sistemas fotovoltaicos.

Mercado Nacional – previsão de mercado para o ano de 2019

A expectativa é que o mercado de geração centralizada, ou seja, mercado de grandes usinas solares, no qual são contratados através dos leilões da ANEEL ou através do mercado livre de energia, demande em torno de 1GW devido a projetos que deverão entrar em operação neste ano.

Cenário regulatório – impacto das alterações previstas na resolução 482 da ANEEL

Encontra-se em andamento a revisão da Resolução normativa 482 da ANEEL que estabelece as regras para o mercado fotovoltaico. Em vista do crescimento do mercado, ajustes nas atuais regras estão sendo realizadas, tanto para o cliente junto à carga quanto para o cliente de geração remota. O ano de 2019 será um ano muito importante para novos empreendimentos de geração remota.

Principais mudanças propostas:

Cenário Político

Fonte: Greener Tecnologias Sustentáveis – https://www.youtube.com/watch?v=qs9UQjcfpmU&feature=youtu.be

Deixar comentário?

Você precisa estar logado para comentar.