ISO 50001 reconhece a Termomecânica por práticas eficientes.

Devido à sua atual política e ações que visam elevar os índices de eficiência energética dentro da empresa, a Termomecânica foi reconhecida como sendo a primeira empresa do segmento de transformação de cobre e suas ligas a implementar e cumprir todos os requisitos estabelecidos na certificação ISO 50001. Esta norma ajuda a estabelecer sistemas e processos necessários para melhorar o desempenho energético, incluído a eficiência energética e o uso e consumo da energia.

A energia elétrica é uma das maiores responsáveis dos gastos da companhia. De acordo com o Relatório de Sustentabilidade, no ano de 2017, foram consumidos, nas duas plantas da fábrica, aproximadamente 129 milhões de kWh. Segundo Luiz Henrique Caveagna, diretor Industrial de Operações da Termomecânica, a empresa sempre se preocupou com os riscos de escassez energética, por isso, através de uma gestão com metas e objetivos claros, o comprometimento com a sustentabilidade acaba sendo uma consequência.

A norma que especifica os requisitos do Sistema de Gestão de Energia, auxiliam no desenvolvimento e implementação de uma política energética, além de estabelecer objetivos, metas e planos de ação considerando os requisitos legais, bem como as informações relativas ao uso de energia. As medidas se concentram em três frentes: reduções de custo de energia, nas emissões de gases de efeito estufa e outros impactos ambientais.

Para a Termomecânica, o fato de contar com uma equipe totalmente dedicada que atua no controle, monitoramento e contratação de insumos energéticos, já representa um enorme diferencial para a obtenção da certificação. Atualmente, poucas empresas mantém um departamento exclusivo para gestão de energia elétrica.

Para que a conquista da ISO 50001 fosse atingida, a companhia precisou passar por um rígido processo de avaliação a fim de verificar se todos os pré-requisitos estavam sendo cumpridos.

Para Luiz Henrique, parcerias com o Senai e o Procobre, assim como engajamento e integração em todos os níveis e funções da organização e, especialmente, da gestão de topo, foram essenciais para que a empresa fosse certificada. “Esse processo, embora longo e custoso, permitiu identificar os ajustes a serem feitos de acordo com as regras da Norma. Foi mais de um ano para que ele fosse concluído efetivamente, e isso só foi possível graças à maturidade da nossa empresa com relação à eficiência energética”, declarou.

Entre todas as exigências contidas na ISO 50001 para as organizações, encontramos o desenvolvimento de uma política para o uso mais eficiente da energia; fixação de metas e objetivos para atender a essa política; utilização de dados para melhor compreender e tomar decisões sobre o uso de energia; efetuar a medição dos resultados e rever como a política funciona para melhorar continuamente a gestão da energia.

Luiz Henrique finaliza dizendo: “Parte da nossa preocupação em melhorar a gestão de energia também foi com relação aos nossos clientes e parceiros, já que podemos permitir uma maior confiança e garantir a credibilidade mundial para a consciência da energia”.

Fonte extraída e adaptada de https://www.canalenergia.com.br/noticias/53079016/termomecanica-e-reconhecida-pela-iso-50001-por-praticas-eficientes?fbclid=IwAR1KjXFSp9DBGeCXc1WSZT2pyRovgUC_2MsaKoLsqIdNvkv4XoSPDUIkh2A

Deixar comentário?

Você precisa estar logado para comentar.