E se a Frota Automotiva Brasileira Fosse Abastecida por Eletricidade?

Atualmente, poucos brasileiros possuem o privilégio de dirigir um carro movido a eletricidade. Mas como seria viver diariamente com um automóvel movido a eletricidade? O que aconteceria no sistema energético do Brasil se todos possuíssem carros abastecidos na tomada?

Moro, num país tropical

Vivemos em um país tropical, com sol em abundância, praticamente o ano todo. Desta forma, o abastecimento de um carro elétrico a partir do telhado da própria casa ou do escritório começa a parecer uma ideia não muito distante.

De acordo com notícia divulgada no Jornal Nacional, o dono de uma casa na região de Campinas, instalou 20 metros quadrados de placas fotovoltaicas. Isso é o suficiente para abastecer uma moto elétrica, um carro elétrico e a própria casa.

Para efetuar o carregamento de seu carro, ele leva em média oito horas e tem um custo aproximado de R$ 15,00.

Carro elétrico e seu abastecimento

Um carro elétrico possui acelerador e freio, mas não possui embreagem. Então, quando o motorista freia seu automóvel ou não acelera, o motor para de consumir energia, passando a funcionar como um gerador que transforma o movimento e m energia elétrica, que vai para abateria. Em descidas o sistema funciona como autorrecarga.

Guia de Aplicação para Cabos Elétricos com Condutores de Cobre – Energias Renováveis

Hoje, o abastecimento é gratuito, sendo que a distribuidora de energia utiliza os eletropostos para testes.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) regulamentou em junho a cobrança do serviço, porém, é necessário ter paciência, pois o carro leva em média uma hora para uma carga total ou meia hora para 80% da bateria.

Na reportagem foi anunciado ainda que a empresa não vê riscos para o abastecimento no pais, mesmo com o crescimento da frota de elétricos. De acordo com Rafael Lazzaretti, diretor de Estratégias e Inovação do grupo CPFL “A gente tem projeções nossas que indicam que o impacto de um crescimento de carro elétrico não deve passar de 0,5% a 1%, 1,5% de aumento na carga de energia elétrica do país. Isso seria o equivalente a dez milhões de carros elétricos em 2030. Esse é o cenário mais agressivo que a gente tem, ou seja, é um crescimento muito gradual e que não deve gerar nenhum tipo de risco de abastecimento ou de falta de energia”.

Smart Grids e Solar Fotovoltaica – Legislação e Mecanismos de Incentivo

De acordo com estimativa efetuada por Alexandre Szklo, professor-associado do Programa de Planejamento Estratégico da COPPE/UFRJ, levando em conta uma situação extrema: a eletrificação de toda a frota de veículos leves do Brasil, “ Representaria alguma coisa entre 15% a 20% da demanda de energia elétrica hoje no Brasil. Pelo lado da distribuição, nossos estudos têm indicado que a distribuição precisaria fazer investimentos, sobretudo na parte de transformadores para lidar com a sobrecarga associada a veículos elétricos”, disse ele.

Energia limpa e renovável

É importante ressaltar que, quando o assunto é eletromobilidade e carros elétricos, o Brasil possui um diferencial pois, a maior parte da energia para a recarga é limpa e renovável, originária, principalmente das usinas hidrelétricas.

Análise de Viabilidade Econômico Financeira de Sistema Solar Fotovoltaico

 

Fonte extraída e adaptada de http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/07/destaque-jn-qual-seria-o-impacto-de-frota-eletrica-no-abastecimento.html

Deixar comentário?

Você precisa estar logado para comentar.